«

»

jan 13 2020

Polícia de Minas encontra mais um lote de cerveja contaminado

A Polícia Civil de Minas Gerais anunciou na manhã hoje (13) que um terceiro lote da cerveja Belorizontina, da Backer, está contaminado com substâncias tóxicas. Hoje, foi confirmada também uma nova vítima, a 11ª, que está internada no Hospital Municipal São João Batista, em Viçosa (MG), na Zona da Mata.

Até o momento, as investigações apontavam para apenas dois lotes afetados, disponibilizados desde novembro em Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal e Espírito Santo.

O solvente dietilenoglicol, considerado tóxico, causou insuficiência renal grave e alterações neurológicas em onze pessoas, contando com a nova vítima, que teriam consumido a cerveja . Um dos pacientes morreu na última terça, em Juiz de Fora.

A contaminação da Belorizontina é apontada como uma das causas possíveis para o adoecimento das dez pessoas que a teriam ingerido ou adquirido em pontos do bairro Buritis, na região Oeste de Belo Horizonte, capital mineira, antes de serem internadas.

Além de ter entrado em contato com o dietilenoglicol, a bebida desse novo lote também teria sido contaminada por monoetilenoglicol . O novo lote no qual a nova substância tóxica foi encontrada circula pelo Espírito Santo. Até o momento, não há investigação criminal fora de Minas Gerais.

Com informações de iG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*