«

»

mar 24 2013

agnelo pode até vencer por w.o.

RENATO RIELLA

As pessoas tentam falar comigo sobre política local. Não dá. Não há o que dizer.

Mas o interesse é tão grande que vou escrever qualquer coisa.

O governador Agnelo Queiroz está escondido dentro de si mesmo. Ele conta sempre com a sorte. Agora, por exemplo, está todo mundo dizendo que o jogo de abertura da Copa do Mundo pode ser em Brasília, pois os poderosos paulistas não dão conta de concluir um mísero estádio de 70 mil lugares chamado de Itaquerão (aumentativo de nada).

Se isso acontecer, Brasília projetará para todo o universo não somente uma partidinha, mas uma abertura de Copa do Mundo com padrão Joãosinho Trinta, a ser assistido por bilhões de pessoas. Vale registrar que o padrão de televisão é da TV Globo – modestamente, a melhor do mundo.

Aí Agnelo deita e rola, provando que estava certo quando fez um estádio de R$ 1,5 bilhão. Como se diz, desde pequeno, quando o pão dele caía no chão, lá no interior da Bahia, a manteiga estava sempre voltada para cima. Isso sem contar aquela coisa do “voltado para a Lua”.

Escrevendo certo por linhas tortas, Agnelo vai acabar retendo Tadeu Filippelli e o PMDB na sua coligação. Nessa condição, tendo a locomotiva Dilma Rousseff no seu palanque, vai ser difícil alguém derrotar o atual governador, que no entanto ainda mantém índices baixíssimos de aprovação no DF como um todo.

Isso tudo o que vocês leram é a dura realidade. Doa em quem doer.

Quanto a Roriz, que andou se encontrando em local público com Filippelli, ainda detém influência sobre cerca de 30% da população, mas tem dificuldade de encontrar um candidato a governador competitivo. Quem quiser pode ajudá-lo, dando algum palpite, mas as opções não são fortes a ponto de abalar as chances de Agnelo Queiroz.

Portanto, o estádio, que seria uma pedra no sapato do governador, pode ser uma luz à frente da sua campanha. Mas o ponto mais favorável para Agnelo é mesmo a falta de concorrentes. Pode até vencer por W.O.  

 

 

 

 

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*