«

»

jan 31 2018

Alunos da rede pública conquistam 1.583 vagas na UnB

 

unbDos 4.222 alunos que passaram na terceira etapa do Programa de Avaliação Seriada (PAS), da Universidade de Brasília (UnB), 1.583 são da rede pública de ensino do Distrito Federal. Em 2017, eles preencheram 1.505 vagas do mesmo total ofertado neste ano.

Entre os cursos com maior número de aprovações para ingressar na UnB nos dois semestres de 2018 estão: engenharias (89), pedagogia (64),ciências contábeis (59), saúde coletiva (55), administração (46), direito (39), medicina (5), psicologia (20), comunicação social (19), relações internacionais (18) e engenharia elétrica (15)

De acordo com a Secretaria de Educação, essa quantia pode aumentar. Isso porque a pasta ainda mapeia aqueles que, na hora da inscrição, entram pelo sistema universal e não registram que são da rede pública. Além disso, é preciso levar em conta o recorte dos que ingressarão na universidade por meio do sistema de cotas ou pelo sistema universal.

Até 2016, a Universidade de Brasília oferecia apenas o ingresso de estudantes pelo PAS no primeiro semestre e, com isso, o número de vagas era menor. Naquele ano, foram 879 aprovados da rede pública para 2.106 vagas. Em 2015, ingressaram 861, e, no ano anterior (2014), 726, todos da rede pública, que concorreram ao mesmo número de oportunidades.

De acordo com o levantamento preliminar da Secretaria de Educação, escolas do Plano Piloto, de Brazlândia, de Ceilândia e de Taguatinga apresentam quantidades expressivas de aprovados na primeira chamada do PAS.

Nas regiões administrativas de Brasília e do Cruzeiro, são em torno de 300 até agora. Em Brazlândia, foram quase cem vagas garantidas. Já em Ceilândia, há registro de 175 aprovações, pouco a mais que em Taguatinga, que conta até o momento com 146.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*