«

»

out 30 2019

Aras diz que Bolsonaro é “vítima” e que investigação solicitada por Moro cabe ao MPF-RJ

O procurador-geral da República,Augusto Aras, disse ao blog hoje (30) que vai pedir investigação do caso revelado pelo Jornal Nacional para o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro e para a Polícia Federal (PF).

Aras disse, ainda, que o presidente Jair Bolsonaro é “vítima” no caso.

“Não havendo indícios da participação de autoridades de foro – pois o presidente é vítima, não é investigado, não é réu, nem nada – quem tem prerrogativa de investigar é a Polícia Federal e o MPF do Rio. Recebi hoje e vou enviar para o MP Federal do Rio”, disse o procurador-geral da República ao blog.

Hoje, o ministro da Justiça, Sergio Moro, enviou a Aras um pedido de instauração de inquérito para investigar o depoimento do porteiro do condomínio de Bolsonaro, na Barra da Tijuca.

Jornal Nacional teve acesso, com exclusividade, a registros da portaria do Condomínio Vivendas da Barra, onde mora o principal suspeito de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, Ronnie Lessa – é o mesmo condomínio onde o presidente Jair Bolsonaro tem casa.

O porteiro do condomínio contou à polícia que, horas antes do assassinato, em 14 de março de 2018, o outro suspeito do crime, Élcio de Queiroz, entrou no local e disse que iria para a casa do então deputado Jair Bolsonaro. Mas os registros de presença da Câmara dos Deputados mostram que Bolsonaro estava em Brasília no dia.

Com Informações de G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*