«

»

set 26 2017

ARTIGO: A ORIGEM DA ROCINHA

BERNADETE DOS ANJOS

Entenda a Rocinha do Rio de Janeiro em 2017.

Rocinha teve um surto populacional na década de 60 e 70.

Vidas humanas, que viviam em extrema miséria no campo.
Sem recurso adequado para o desenvolvimento no campo, em especial Nordeste do Brasil, migraram para os grandes centros urbanos, em busca de oportunidades, empregos, para se alimentar e sobreviver.

Na omissão do governo, as necessidades básicas humanas, sendo negadas decorrentes da corrupção, nepotismo e ganância para se manter no poder… Com o escopo mor de sobreviver … Formou-se um “Estado paralelo”, construído pela criminalidade.

Liderança de tráfico, roubo e outros proporcionaram e patrocinaram a comunidade no que o Estado, por obrigação, não dava.

Então, a própria população da comunidade protegia os “foras da lei”.

Como as desgraças desumanas elegem políticos, que criam o caos, prometendo acabar com o caos, que eles mesmos criaram… E o tráfico… Ambos elegem e dão muitos votos.

O tráfico se fortaleceu no decorrer de 1963 a 1985. Sem escolas, oportunidades, saneamento, planejamento familiar, absolutamente NADA, tudo inchou.

Com o inchaço e a entrada da nova República, as comunidades viraram grandes e mortais… Guerra civil.

Até hodierno, a Favela da Rocinha registra o maior número mundial de tuberculose.

Infelizmente, o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) internacional detecta vidas humanas vivendo em extrema pobreza.

Ditadura, corrupção, democracia falida, nova era republicana corrupta… Filha de tudo isso tem um nome… ROCINHA.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*