«

»

jun 18 2019

Bolsonaro defende prisão perpétua no Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), usou as redes sociais, hoje (18), para comentar o caso do menino Rhuan Maycon da Silva Castro, que foi assassinado aos nove anos de idade pela mãe, em maio, em Samambaia (DF). Em sua declaração, Bolsonaro aproveitou para defender a prisão perpétua.

“O chocante caso do menino Rhuan , que teve seu órgão genital decepado e foi esquartejado pela própria mãe e sua parceira, é um dos muitos crimes cruéis que ocorrem no Brasil e que nos faz pensar que infelizmente nossa constituição não permite prisão perpétua”, escreveu o presidente.

A declaração de Bolsonaro foi publicada no Twitter, dias depois da repercussão do caso. Rhuan morreu na noite do dia 31 de maio, na cidade de Samambaia. O resultado do laudo da vítima revela que ele levou 12 facadas, sendo uma no peito enquanto dormia.

A declaração de Bolsonaro foi publicada no Twitter, dias depois da repercussão do caso. Rhuan morreu na noite do dia 31 de maio, na cidade de Samambaia. O resultado do laudo da vítima revela que ele levou 12 facadas, sendo uma no peito enquanto dormia.

Com informações de iG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*