«

»

abr 29 2020

Bolsonaro diz que o “sonho” em nomear Ramagem para a PF “se concretizará”

Depois de o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), barrar a nomeação de Alexandre Ramagem para a direção-geral da Polícia Federal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje (29) que o “sonho” de nomear Ramagem para o posto “brevemente se concretizará”.

“Eu gostaria de honrá-lo no dia de hoje dando-lhe posse como diretor-geral da Polícia Federal. Eu tenho certeza de que esse sonho meu, mais dele, brevemente se concretizará, para o bem da nossa Polícia Federal e do nosso Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Apesar da declaração do presidente, o próprio governo seguiu a decisão do STF e tornou sem efeito a nomeação de Ramagem para diretor-geral da PF. A AGU (Advocacia-Geral da União) informou também hoje que não iria recorrer da decisão.

Bolsonaro deu as declarações durante a cerimônia de posse de André Mendonça como ministro da Justiça e Segurança Pública e de José Levi como advogado-geral da União. O presidente do STF, Dias Toffoli, e o ministro Gilmar Mendes, também integrante da Corte, estavam presentes.

Mesmo diante dos ministros do Supremo, o presidente criticou abertamente o fato de a nomeação de Ramagem ter sido barrada por uma decisão monocrática.

“Respeito o poder Judiciário. Respeito suas decisões. Mas nós, com todo certeza, antes de tudo, respeitamos a nossa Constituição. O senhor Ramagem, que tomaria posse hoje, foi impedido por uma decisão monocrática de um ministro do STF”, disse Bolsonaro.

Com informações da CNN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*