«

»

fev 13 2020

Bolsonaro pensa em criar Ministério da Amazônia e ataca Greenpeace: “isso é um lixo”

Diferente dos 22 ministérios atuais, a pasta da Amazônia teria caráter provisório e poderia ser confirmada como permanente ou não, a exemplo do que aconteceu quando o então presidente Michel Temer (MDB) criou em 2018 o Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

O presidente não quis falar sobre as possíveis mudanças ministeriais. Quando questionado sobre a saída ou a permanência do ministro da Cidadania, Osmar Terra, ele não confirmou.

O presidente elogiou o general Walter Braga Netto. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o militar teria sido convidado para ser ministro da Casa Civil no lugar de Onyx Lorenzoni. Por sua vez, Onyx seria o titular do Ministério da Cidadania no lugar de Osmar Terra.

Quanto a reforma administrativa, que muda as carreiras do serviço público, o presidente afirmou que pretende enviar a proposta do governo na próxima semana, disse também que o Congresso tem autonomia para aceitar ou não.

Ontem, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) liberou a nomeação de Sergio Camargo para chefiar a Fundação Palmares. “Eu acho que o garoto [Sérgio Camargo], que foi liberado ontem, é uma excelente pessoa”, afirmou o presidente.

A nomeação de Camargo foi suspensa após suas declarações polêmicas, nas redes sociais, contra o movimento negro.

Com informações de Congresso em Foco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*