«

»

set 20 2021

Bolsonaro se encontra com Boris Johnson e conversam sobre vacina e meio ambiente

Bolsonaro e Johnson se reuniram em Nova York — Foto: Reprodução/Flickr/Palácio do Planalto

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o premiê britânico Boris Johnson na tarde de hoje (20) em Nova York, para onde foram líderes do mundo para participar da Assembleia Geral da ONU.

Em imagens distribuídas pela agência Reuters, é possível ver Johnson recomendando a vacina da AstraZeneca/Oxford, que é produzida também no Brasil em parceria com a Fiocruz.

“É uma ótima vacina. Obrigado, pessoal. Tomem vacinas da AstraZeneca!”, diz ele ao lado de Bolsonaro, que é o único líder entres as maiores economias do planeta que declaradamente não tomou ainda imunizante contra a Covid-19.

Em outro momento, Johnson seguia falando de como a vacina de desenvolvimento britânico é boa. “Já tomei duas vezes”, disse ele, olhando para Bolsonaro e apontando com o dedo como questionando se ele tinha tomado também, ao que o brasileiro responde que “ainda não”.

Bolsonaro comenta que está com a imunidade contra Covid alta porque teve já teve o vírus.

O fato de não ter se vacinado contra Covid torna Bolsonaro uma exceção entre as lideranças mundiais e tem sido tema durante a viagem a Nova York já que na cidade americana as pessoas precisam apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19 para frequentar lugares fechados, como restaurantes, cinemas, teatros e academias.

Bolsonaro foi fotografado comendo pizza na rua na noite de ontem com outros integrantes de sua comitiva, como o presidente da Caixa, Pedro Guimarães; o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Eduardo Ramos; e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; entre outros.

Ao comer na rua, a apresentação do comprovante não é necessária.

O presidente brasileiro já disse mais de uma vez que não tomou nenhum imunizante — e, por isso, pode ter dificuldades para frequentar lugares em Nova York.

Na manhã desta segunda, Bolsonaro tomou café da manhã no hotel, em uma área reservada à comitiva brasileira. Havia uma placa informando que é obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação no restaurante.

Sobre o fato de Bolsonaro divulgar que não foi vacinado, um gerente do restaurante, que não quis se identificar, disse que não iria cobrar o comprovante do presidente do Brasil. Questionado se a lei não valia para todos, o funcionário pediu a retirada da equipe da Globo do local.

A reunião de Bolsonaro e Johnson ocorreu na residência do consulado-geral do Reino Unido e a imprensa não pode participar. No entanto, a comitiva brasileira repassou informações sobre os temas debatidos. Entre eles, assuntos ligados ao clima em que Boris teria reconhecido a redução nos níveis de desmatamento no Brasil, em relação ao ano anterior.

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, participou da reunião e revelou que o governo brasileiro apresentou dados que apontam redução do desmatamento na Amazônia em abril deste ano, em comparação com abril do ano passado. Segundo o ministro, Bolsonaro aproveitou a oportunidade para reafirmar o compromisso do Brasil com as metas da Conferência da ONU sobre o Clima (COP).

Com informações de agências

Reprodução/Flickr/Palácio do Planalto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*