«

»

out 25 2013

BRASÍLIA ENVELHECE E A ÁREA DE ENERGIA ELÉTRICA É EXEMPLO DISSO

 RENATO RIELLA

Há cidades com mais de dois mil anos, que funcionam normalmente, porque superam diariamente o processo de envelhecimento. Brasília está envelhecendo mal. Aqui não há preocupação com essa tendência natural de deterioração dos meios físicos.

É assim que temos o saldo de 30 pessoas intoxicadas pela fumaça causada por explosão ocorrida na subestação da CEB, localizada no subsolo do Ministério das Comunicações, onde funciona hoje, amontoado, o Ministério dosTransportes.

Esta é a segunda vez que ocorre uma explosão no prédio. Em fevereiro deste ano, um problema parecido, também na subestação da CEB, causou danos ao prédio. A CEB informou que a causa da explosão foi um curto-circuito que danificou cabos de baixa tensão na estação transformadora.

Mas os problemas não ocorrem somente com a energia elétrica. Tivemos há poucos dias vazamento de gás em áreas públicas. A rede pluvial vive estourando, causando alagamentos. Há marquises em pontos como a W3 (dezenas delas) passíveis de desabar nas pessoas. Entre muitas outras deficiências.

O Governo do DF, agora ou breve, precisa estrutura um órgão para acompanhar de forma permanente o envelhecimento da cidade, propondo soluções antes das tragédias. Ninguém se preocupa com isso, que não é necessariamente tarefa da Defesa Civil.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*