«

»

ago 19 2014

CAMPANHA ELEITORAL COMEÇA HOJE SOB INCERTEZAS GERAIS

RENATO RIELLA

Nunca houve tanta incerteza numa campanha presidencial, agravada pelo desinteresse do povo em votar. No plano federal, a situação piorou, com a morte de Eduardo Campos, o candidato a presidente pelo PSB.

No DF, a insegurança da campanha de José Roberto Arruda impede definições e deixa o povo distante da formação de votos. Vi uma pesquisa recente na qual mais de 90% dos brasilienses ainda não pensaram em quem votar para deputados federal e distrital.

Hoje começa o programa eleitoral gratuito na TV e no rádio. Mais impactante do que isso, a Globo apresentou ontem a última entrevista de 15 minutos com os presidenciáveis, focalizando a presidente Dilma Rousseff.

Essas entrevistas servem apenas para promover os candidatos. O aparente ar agressivo do Wiliam Bonner dá a ele o tom de vilão, de jornalista descortês que não respeita o convidado (ou a convidada).

E na terça (26), a Band faz o primeiro debate entre os presidenciáveis, prevendo-se que Marina Silva surja como a candidata do PSB.

No plano federal, a pesquisa Datafolha sacudiu o noticiário, apresentando Dilma com 36%, Marina com 21% e Aécio com 20%. Nessa pesquisa, a especulação sobre o segundo turno mostra possível vitória de Marina, o que balança as campanhas de Dilma e Aécio desde já.

E assim vai. Está tudo provisório. Tudo pode acontecer. Quem errar mais perde.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*