«

»

ago 31 2014

CASAMENTO GAY É MUITO, MAS MUITO MESMO, MAIS IMPORTANTE DO QUE A RECESSÃO

RENATO RIELLA

Está fudido um país que tem o casamento gay como principal tema numa campanha eleitoral, a um mês da eleição.

Vejam só a inversão de prioridades.

—O PIB caiu nos dois últimos trimestres.—- Falta água no coração da produção industrial brasileira. —Temos as maiores taxas de juros do mundo. —Mas é importante garantir o direito de casamento para os gays.

Na contraposição, os evangélicos dominam a mídia, combatendo a possibilidade de casamento gay. Eles também têm imensa voz neste país fudido.

E assim, 202 milhões de brasileiros são dominados por duas minorias inexpressivas, sem capacidade para criar partidos próprios, os quais seriam o Partido Gay e o Partido Evangélico.

Se fossem mais do que pequenas minorias, talvez elegessem um presidente sectário – e aí o país ficaria mais fudido ainda.

CASE ATÉ COM UM CACHORRO, NO FACEBOOK

Casamento hoje (qualquer casamento) pode ser feito via Facebook. Você comunica que casou e pronto! Seja com quem for – até com um cachorro, se preferir sexo canino.

Por questões legais, o casal pode fazer (ou não) um registro em cartório. E pode fazer a festa que quiser.

Apenas – por amor de Deus – não transforme isso no principal tema dos debates presidenciais. O Brasil não merece!

Não há nada mais retrógrado do que discutir casamento gay. Imagina-se que gay é um ser humano avançado. Por que se preocupar com essa babaquice de casamento, quando é comum, hoje, o mero ajuntamento de casais?

Uma campanha eleitoral que chega em setembro tendo como tema principal o casamento gay mostra que estamos vivendo um país de merda, irresponsável.

Nos próximos debates presidenciais e no noticiário diário, quero resposta para a extinção próxima do Rio São Francisco, a espinha dorsal do Brasil.

Quero saber o que pensa a candidata Marina Silva sobre a Venezuela e sobre Cuba.

Preciso muito de um compromisso dos candidatos sobre a Petrobras, que parece estar afundando.

E a mobilidade urbana, que despertou milhões de brasileiros nas manifestações de rua? Será que este tema é mais importante do que o “casamento gay”?

Posso citar centenas de questões, mas perdi a esperança no Brasil, um país de malucos, que elege a posição sexual como prioridade.

O Kama Sutra vai ser a nossa Constituição, a nova Bíblia de uma minoria barulhenta. Fodam-se!

Perdi o respeito por vocês, brasileiros de merda. Sete a um foi pouco, muito pouco!

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

1 comentário

  1. Jânio

    Boa analise. Esse país virou uma piada cognitiva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*