«

»

ago 30 2021

China vai permitir que adolescentes joguem videogames só três horas por semana

Menino de 15 anos sofre derrame por jogar videogame em excesso | Voxel

A China anunciou hoje (30) que vai proibir menores de 18 anos de jogar videogames online por mais de três horas por semana, com o objetivo declarado de combater este vício entre os jovens.

Muitas crianças chinesas podem passar dias inteiros grudadas em suas telas. A tendência é condenada há muito tempo na China por suas consequências negativas: visão reduzida, impacto nos resultados escolares, falta de atividade física e risco de dependência.

Os regulamentos chineses já proibiam os menores de jogar online entre 22h e 8h. O órgão regulador do audiovisual, publicação e radiodifusão anunciou hoje que os menores de 18 anos só poderão jogar online uma hora por dia, e apenas às sextas-feiras, sábados e domingos, somando um máximo de três horas por semana.

Os menores também poderão jogar “somente entre 20h e 21h”, especifica o texto. Nos outros dias da semana, os jogos online serão inacessíveis para menores de 18 anos. E, durante as férias escolares, eles poderão jogar uma hora por dia.

Para evitar que menores de idade burlem a proibição, eles terão que fazer um login com um documento de identidade. Ainda não foi especificado o cronograma de aplicação da medida, que, a princípio, se aplica apenas a videogames online, e não aos que não requerem acesso à Internet.

No início de agosto, um influente jornal do governo decidiu que os videogames eram “um ópio mental”. O artigo destacou a Tencent, o peso-pesado da indústria, e seu popular jogo multiplayer online “Honor of Kings”, que tem mais de 100 milhões de usuários ativos diariamente.

Sob pressão, o grupo, que já impôs limites ao tempo de jogo e o reconhecimento facial para evitar que menores de 18 anos joguem à noite, tornou as regras ainda mais rígidas. A Tencent agora limita seus jogos a uma hora por dia para menores.

Essas medidas surgem em um momento em que Pequim se mostra particularmente intransigente às práticas dos gigantes digitais. Diversos gigantes do setor têm sido apontados nos últimos meses por práticas até então toleradas e difundidas, principalmente em termos de dados pessoais e direitos do usuário.

Os videogames representam um importante ganho financeiro na China. Somente no primeiro semestre de 2021, o segmento já gerou mais de US$ 20 bilhões em faturamento.

Com informações da AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*