«

»

jun 24 2014

CHORORÔ DOS PERDEDORES NÃO ABALA A COPA DO MUNDO

RENATO RIELLA

Europeus que saem desclassificados da Copa do Mundo estão dando declarações deselegantes, reclamando de tudo. Até levantam suspeitas de manipulações no certame.

Há uma alegação verdadeira: quem é brasileiro e entende de futebol não pode aceitar a realização de partidas na hora do almoço, começando às 13h.

Essa realidade se agrava quando os jogos ocorrem em cidades muito quentes, como Manaus, Natal e Cuiabá, por exemplo.

Para os europeus, no caso de Manaus, há ainda o complicador da umidade muito alta.

No entanto, as questões climáticas são típicas das competições internacionais.

Na Copa Libertadores da América, por exemplo, seleções acostumadas a jogar em altitudes acima de 2.500 metros levam grande vantagem.

A verdade é que a Copa do Mundo, com exceção das questões climatológicas, está se desenvolvendo sob grande normalidade, até mesmo com arbitragens muito normais.

As reclamações são mero chororô de perdedor – por enquanto.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*