«

»

nov 26 2019

Com a disparada do preço, Brasil pode importar carne

A alta na demanda chinesa está relacionada com um surto que atinge o rebanho de suínos do país, o que obrigou o governo a diversificar a importação.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que o Brasil pode importar carne para “equilibrar” o mercado.

De acordo com o Índice de Preços ao Produtor Amplo, da Fundação Getúlio Vargas, o preço da carne bovina subiu mais de 5% em novembro em relação ao mês anterior, o que representa uma das maiores altas do período.

Segundo a ministra, “a cadeia vive um momento de euforia” – mas, em breve, esse mercado vai se equilibrar e os preços vão se normalizar.

Tereza Cristina ainda destacou que este é um momento de “ajuste” da carne brasileira e que “os preços não serão os mesmos praticados há dois meses, mas, com certeza, essa euforia não continua”.

Atualmente, o Brasil é o maior exportador de carne bovina do mundo.

A alta na demanda chinesa está relacionada com um surto que atinge o rebanho de suínos do país, o que obrigou o governo a diversificar a importação de outras carnes.

De janeiro a outubro, no total, o Brasil exportou 11% a mais do que no mesmo período do ano passado.

A proximidade com o Natal e o Ano Novo também contribui para uma demanda adicional por carnes no mercado brasileiro.

Com informações de JP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*