«

»

jun 21 2016

COMENTÁRIO: AMAZÔNIA, A ESQUECIDA

RONALDO BRASILIENSE

Nos treze anos que passaram no poder, Lula e Dilma prometeram meia dúzia de vezes que asfaltariam as rodovias Transamazônica e Santarém-Cuiabá, implantariam a hidrovia Araguaia-Tocantins e construiriam a siderúrgica de Marabá. Ficou na promessa. Já no exterior para países parceiros do PT, sobrou dinheiro.
Segundo o Tribunal de Contas da União, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) emprestou R$ 50,5 bilhões para obras realizadas fora do país, valor que seria “incompatível” com o investimento realizado no Brasil. Quase todos esses empréstimos ficaram com as grandes empreiteiras enroladas na Operação Lava Jato – como a Odebrecht, que ganhou 82% de todo o dinheiro repassado para obras no exterior..
As obras foram realizadas em países como Angola, Argentina, República Dominicana e Cuba. Sim, boa parte dos países beneficiados por esse tipo de coisa são aqueles mesmo que insistem em não reconhecer o governo do Michel Temer.
Tá explicado!

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*