«

»

maio 29 2015

CPI DEVE INVESTIGAR ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DA CBF, QUE FOI MAFIOSA

 

RENATO RIELLA

Tal como aconteceu na Petrobras, todo mundo sempre soube que havia grande corrupção no futebol mundial, dominado por uma máfia de velhinhos.

Vai ocorrer a Copa da Rússia, certamente resultante de negociações criminosas, assim como a do Catar, e assim como foi a Copa do Mundo do Brasil.

Agora, os parlamentares querem instalar a CPI da CBF, ou algo parecido. Se tiverem poder para investigar as contas dessa entidade, vai cair muita gente.

No entanto, há um fato específico que pode ser pesquisado. Em maio de 2014, pouco antes da Copa do Mundo, este tal de Marco Polo foi eleito presidente da Confederação Brasileira de Futebol, indicado pelo criminoso, agora preso na Suíça, José Maria Marin.

Houve ameaça de surgir concorrente nesta eleição, mas no final prevaleceu a suspeita chapa única.

Se a CPI abrir as contas dos presidentes das federações estaduais de futebol vai descobrir que muitos receberam pequenas fortunas para eleger Marco Polo. É só investigar.

Se isso for feito, podemos fazer, com efeito prático imediato, uma boa limpeza no futebol brasileiro, pois a eleição de Marco Polo será anulada e dirigentes picaretas do futebol estadual poderão até ser presos.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*