«

»

out 20 2014

DEBATES SÃO IGUAIS AO PROGRAMA DO RATINHO. SÓ FALTA PEDIR DNA

RENATO RIELLA

O brasileiro vai sair desta eleição com uma péssima impressão sobre os debates entre candidatos. É isso mesmo: virou programa do Ratinho.

Não precisa ser assim – mas é. E fica a cada momento pior. Na quinta, tem o debate do DF na Globo. Na sexta, o debate nacional também na Globo.

A gente sempre fica com a sensação ruim de que um dos candidatos vai dar o tiro final no adversário, neste último encontro na TV – encontro global.

Ficam me perguntando quem ganhou. Por incrível que pareça, Dilma deve ter se consolidado junto aos seus eleitores. E Aécio também.

O que vai acontecer com os indecisos só as próximas pesquisas dirão – mas sempre tem o debate da Globo depois, para talvez virar o resultado (lembrem-se do Collor contra Lula).

Desses debates todos que assistimos, sobram vítimas. Márcia, mulher do Rodrigo Rollemberg (PSB), nem tem filiação partidária e sofreu ontem duro ataque do candidato Jofran Frejat (PR). Pode até processá-lo, se quiser estender a briga.

Vimos Igor Rousseff, um irmão discreto, que trabalhou na Prefeitura de Belo Horizonte até 2007, e agora é cobrado por isso. Sem esquecer de Andrea Neves, irmã de Aécio, achincalhada nos debates também. Entre outros…

Os candidatos também são vítimas. Por exemplo, em quase 40 anos de relacionamento amistoso, nunca ouvi ninguém falar mal de Frejat. De repente, surgem na tela quatro processos administrativos contra ele, que possivelmente serão superados por seus advogados.

Aécio e Rollemberg, que trabalham duro desde garotos, recebem insinuações horríveis, como se fossem drogados. Até overdose. Barbaridade!

Se Aécio fosse drogado não trabalharia de paletó, 24 horas por dia, com seu tio Tancredo Neves, em 1984. E Rollemberg, como conseguiria trabalhar no Senado desde 1980 se mexesse com drogas?

Nesse ponto, Dilma é a mais preservada, pois tem vida pessoal discreta. Ninguém conseguiu mexer com sua intimidade, mas sofreu ataques na família e até passou mal no debate do SBT. Etc.

O Brasil precisa rediscutir os debates. Ou então, deve assumir logo o tom baixo astral, chamando Ratinho para coordenar essas lutas.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*