«

»

out 23 2014

DILMA ESTÁ NA FRENTE. E NÃO VENHAM COM “TEORIA DA CONSPIRAÇÃO”

RENATO RIELLA

O Brasil está às vésperas de uma eleição presidencial que entrará na história. Não podemos deixar que a paixão leve a população a acreditar numa “teoria da conspiração”.

Nas ruas e nas redes sociais há gente dizendo, em todas as fases da campanha, que os institutos de opinião estão torcendo resultados. E até dizem que haverá manipulação de votos nas urnas eletrônicas.

Teremos grave prejuízo institucional e prejuízo irreparável ao relacionamento democrático do povo se essas teorias prevalecerem.

A verdade é que os institutos de opinião apresentam números diferentes, mas registram tendências, que podem se refletir no resultado das votações.

Neste momento, a candidata Dilma Rousseff (PT) está em clara curva ascendente, situação reconhecida por milhares de especialistas do mercado financeiro.

Eles, que preferem o candidato Aécio Neves (PSDB), passaram recibo de derrotados nos últimos dias e fizeram a bolsa despencar e o dólar subir. Temem a vitória da Dilma.

A verdade é que, analisando-se a realidade eleitoral sem a distorção da paixão, Dilma vence de 53% a 47% no Datafolha e de 54% a 46% no Ibope.

Esses dois institutos, de dimensão nacional, são tradicionais e não se arriscariam a manipular resultados faltando dois dias para a eleição.

As pesquisas bem consolidadas podem variar muito nos números, mas respeitam a tendência do eleitorado, que pode mudar nas próximas horas a favor de Aécio se houver algum fato de grande expressão que abale a campanha de Dilma Rousseff.

Amanhã tem o debate da Globo, depois das 22h. Apesar do horário tardio, obterá grande audiência, com forte reflexo junto ao eleitorado.

No entanto, conforme tenho dito desde o início do segundo turno, Dilma sai de cada debate deixando Aécio abalado junto ao público, pelas farpas envenenadas que ele recebe.

Será que Aécio saberá se defender melhor dessas mordidas de escorpião amanhã? Duvido!

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*