«

»

jun 19 2016

DILMA SERIA UM FILME DE HORROR NA COMISSÃO

DO BLOG DO MAGNO

Apeada do poder pela corrupção, a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) não vai, amanhã, fazer sua defesa oral em interrogatório marcado pela comissão de impeachment no Senado. Orientada por advogados e assessores, não poderá, no entanto, dizer mais na frente, quando for cassada na votação final do processo no plenário da Casa, que seu direito de defesa foi cerceado.

Seus assessores acham que ficar frente a frente num confronto direto com uma comissão majoritariamente oposicionista não vale a pena, seria perda de tempo. Mas Dilma não vai, na verdade, por causa do seu despreparo. Suas falas não têm começo, meio nem fim. Seu raciocínio é de quem tem um parafuso solto. Quando larga o script e os discursos escritos, a petista é um deus nos acuda.

Diz frases que não chegam a lugar algum, usa verbos mal conjugados, revela uma latente dificuldade em separar o singular do plural, exibe pensamentos mal construídos, faz analogias precárias e improvisações tortas. Ela é, enfim, a arte da política em sua mais perfeita mediocridade. ”A mulher abre o negócio, tem seus filhos, cria os filhos, e se sustenta, tudo isso abrindo o negócio”, eis uma das suas pérolas.

Uma vez discursando em Manaus: “A Zona Franca de Manaus, ela está numa região. Ela é o centro dela, porque ela é a capital da Amazônia”.

Está se divertindo? Veja a perola seguinte: “Vamos dar prioridade a segregar a via de transporte. Segregar via de transportes significa o seguinte: ou você faz metrô, porque o metrô… porque o metrô, segregar é o seguinte, não pode ninguém cruzar rua, ninguém pode cruzar a rua, não pode ter sinal de trânsito, é essa a ideia do metrô. Ele vai por baixo, ou ele vai pela superfície, que é o VLT, que é um veículo leve sobre trilho. Ele vai por cima, ele para de estação em estação, não tem travessia e não tem sinal de trânsito, essa é a ideia do sistema de trilho”.

Tem outras magníficas, que viraram chacotas. Preste atenção a esta, dita lá em Minas: “Primeiro, eu queria te dizer que eu tenho muito respeito pelo ET de Varginha. E eu sei que aqui, quem não viu conhece alguém que viu, ou tem alguém na família que viu, mas de qualquer jeito eu começo dizendo que esse respeito pelo ET de Varginha está garantido”. Gostou? Ficou de queixo caído? Então, tem mais. Veja a próxima, abaixo, se não comprova que ela não é desequilibrada.

“Eu ontem disse pro presidente Obama que era claro que ele sabia que depois que a pasta de dente sai do dentifrício ela dificilmente volta pra dentro do dentifrício. Então que a gente tinha de levar isso em conta. E ele me disse, me respondeu que ele faria todo esforço político para que essa pasta de dente pelo menos não ficasse solta por aí e voltasse uma parte pra dentro do dentifrício.”

A homenagem que fez também às crianças brasileiras entrou para a história. “Se hoje é o dia das crianças, ontem eu disse que criança… o dia da criança é dia da mãe, do pai e das professoras, mas também é o dia dos animais, sempre que você olha uma criança, há sempre uma figura oculta, que é um cachorro atrás.”
O tropeço mais famoso, porém, se deu durante entrevista coletiva em Nova Iorque, num evento da Organização das Nações Unidas (ONU). A petista sugeriu a invenção de uma tecnologia para estocar vento.

“Até agora, a energia hidrelétrica é a mais barata, em termos do que ela dura com a manutenção e também pelo fato da água ser gratuita e da gente poder estocar. O vento podia ser isso também, mas você não conseguiu ainda tecnologia para estocar vento. Então, se a contribuição dos outros países, vamos supor que seja desenvolver uma tecnologia que seja capaz de na eólica estocar, ter uma forma de você estocar, porque o vento ele é diferente em horas do dia. Então, vamos supor que vente mais à noite, como eu faria para estocar isso?”

Parece mentira? Mas esta é a presidente transloucada que Lula, responsável por levar o País a um patamar inaudito de corrupção, inventou para fazer a maior de suas obras: quebrar o Brasil. O País deixado por ela é um circo de horrores, que despencou no abismo pela corrupção sistêmica. Por isso que ela não tem coragem de enfrentar os senadores na Comissão de Impeachment.

(MAGNO MARTINS, COM EROTILDES JÚLIO SANTOS)

 

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*