«

»

maio 03 2018

Donald Trump reembolsou advogado por pagamento à atriz pornô

stormy
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reembolsou os 130 mil dólares que seu advogado Michael Cohen pagou à estrela pornô Stormy Daniels(foto) por seu silêncio sobre um relacionamento com o magnata, admitiu ontem (2) o advogado e ex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani. “Este dinheiro pago pelo advogado (…) o presidente reembolsou ao longo de vários meses”, disse Giuliani, que recentemente se uniu à equipe de advogados de Trump.
Em entrevista à Fox News, Giuliani destacou que o pagamento não violou as regras que orientam o financiamento de campanha, porque “não envolveu dinheiro de campanha”. “Foi perfeitamente legal”, declarou o ex-prefeito de Nova York ao apresentador Sean Hannity.
Cohen entregou à Stormy Daniels 130 mil dólares pouco antes da eleição de 2016, em troca de seu silêncio sobre uma relação que teria mantido há alguns anos com o atual presidente.
Em uma entrevista ao Wall Street Journal, Giuliani declarou que Trump “provavelmente não estava a par” do pagamento quando ele foi realizado por Cohen, devido à preocupação do advogado de “resolver o caso de uma maneira discreta”.
Em comentários ao jornal New York Times pouco depois da entrevista na TV, Giuliani afirmou que havia conversado com Trump antes e depois de aparecer na Fox e que tanto o presidente como os outros advogados sabiam o que ele diria no programa da Fox News.
Giuliani afirmou ao jornal possuis documentos que demonstram que Trump reembolsou o advogado, o que, disse, “elimina a possibilidade de violaçãodo financiamento de campanha”.
“Algum tempo depois do fim de campanha, organizaram um reembolso, 35.000 dólares por mês, procedentes da conta pessoal de sua família”, disse Giuliani ao NYT. O ex-prefeito explicou que Trump pagou a Cohen entre 460.000 e 470.000 dólares com este método, para reembolsar a quantia paga à atriz pornô, além dos “gastos adicionais”.
Trump inicialmente negou ter conhecimento do pagamento a Daniels, mas na semana passada admitiu que Cohen chegou a um acordo de confidencialidade com a mulher em seu nome. “Havíamos advertido meses atrás que seria demonstrado que o povo americano foi enganado sobre o pagamento dos 130.000 dólares e sobre o que Trump sabia”, reagiu no Twitter o advogado da atriz, Michael Avenatti. “Todo americano, não importa quais as suas opiniões políticas, deveria sentir-se escandalizado”, completou.
A atriz, cujo verdadeiro nome é Stephanie Clifford, busca que a justiça anule o acordo de confidencialidade firmado com Cohen para manter em sigilo a relação com o magnata republicano. Daniels assegura ter tido uma relação com Trump em 2006 e 2007, quando ele já estava casado com Melania e o filho dos dois era um bebê.
No fim de março, a atriz revelou detalhes de sua suposta relação com Trump em uma entrevista à CNN, e disse que, em 2011, quando tentava vender sua história à revista Touch, foi ameaçada por um desconhecido em um estacionamento em Las Vegas. Daniels apresentou uma ação contra Trump na segunda-feira por difamação, depois que ele negou que ela teria sido ameaçada por um homem que o representava em 2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*