«

»

ago 29 2014

É SÓ SUBINDO! QUANDO SE INTERROMPE A CURVA ASCENDENTE DA MARINA?

RENATO RIELLA

A pergunta que se faz neste momento político é: quando termina a curva ascendente de Marina Silva (PSB) nas pesquisas eleitorais?

Desde que Eduardo Campos morreu, ela está numa escalada surpreendente e ninguém sabe onde vai parar.

A pesquisa de hoje do instituto Datafolha mostra Dilma Rousseff (PT) e Marina empatadas, com 34%. Aécio Neves (PSDB) está despencando. Muitos eleitores começam a desistir dele, optando pela candidata do PSB.

Na especulação sobre um possível segundo turno, Marina avançou para 50% dos votos, contra 40% da Dilma. É muito!

Neste momento, deve haver verdadeiro pânico nos ambientes petistas, pois eles sabem que a curva ascendente da adversária está viva.

Marina escapou bem do debate da Band, saiu-se vencedora na entrevista de 15m da Globo e está ocupando espaços valiosos na mídia todo dia, com uma agenda interessante, que motiva os jornalistas.

Num momento próximo, a curva ascendente se interrompe e a candidata terá de fazer grande esforço para que não se transforme numa curva descendente.

O problema dos petistas e dos tucanos é que ninguém sabe quanto Marina parará de crescer, pois tanto Aécio como Marina não conseguem apresentar trunfos valiosos para o eleitorado.

Não adianta falar mal da Marina. Ela está subindo e hoje ninguém tem competência para dizer onde chegará.

Será que Marina tem potencial para ganhar a eleição no primeiro turno? Esta é a pergunta que ninguém tem coragem de fazer. Mas quem sabe!

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

1 comentário

  1. Wílon Wander Lopes

    Olá, Riella. Parece que os que estranham a ascensão de Marina, um acidente de percurso para os que ficam prisioneiros da lógica, não se lembram das manifestações. Muita gente foi às ruas para pedir mudanças… Falou-se muito sobre as manifestações, os analistas estranhando, inclusive a falta de bandeiras específicas. Pois é… Agora chegou uma imagem que parece ser de mudança. E o povo está indo atrás… Simples assim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*