«

»

mar 12 2014

Epa! Epa! Aeroporto jk terá 64,1% a mais de movimento na Copa

Não tem como a gente não se preocupar, ao saber que o Aeroporto Juscelino Kubitschek, de Brasília, terá aumento de 64,1% no volume de pousos e decolagens no período da Copa do Mundo.

O movimento chegará a 5,5 mil voos, sendo 2.175 novos, e 560 mil assentos, sendo 85.138 novos locais para passageiros, que representam 15% a mais de lugares em voos.

Com a proximidade da Copa, as empresas áreas começam a se organizar para transportar o grande número de turistas que viajarão por todo o Brasil, criando novos voos e ofertando mais assentos nas aeronaves.

De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Brasília, em termos de operação, será a cidade com o maior crescimento proporcional dessas ofertas.

Os dados levam em consideração o período da véspera da abertura do Mundial da FIFA (11/06) ao dia seguinte da grande Final (14/07), e as companhias aéreas que integram a ABEAR (AZUL, AVIANCA, GOL e TAM). O levantamento foi realizado pela entidade considerando os voos realizados em um período de 36 horas antes e após cada partida.

“Os dados apresentados pela ABEAR demonstram a importância desse grande evento para Brasília e para o país. Será um legado imensurável ver nossa malha aérea e nossos aeroportos preparados para tamanho fluxo de voos”, disse o secretário de Turismo, Luis Otávio Neves.

Segundo a Associação das Empresas Aéreas, nos mais de 30 dias do maior evento esportivo do mundo, as empresas transportarão 7,2 milhões de passageiros apenas nas cidades-sede dos jogos.

Serão adicionados 16,1 mil voos à malha regular nessas cidades durante o período dos jogos, totalizando 67,8 mil deslocamentos. A oferta de assentos cresce 9,7%, o que significa 645 mil novos lugares.

Depois de Brasília, Fortaleza é a cidade com maior crescimento proporcional na margem de 60%, com 826 voos extras, somados à malha de 1.350 deslocamentos regulares. No Rio de Janeiro, serão 89 mil assentos extras para os terminais do Galeão e Santos Dumont, totalizando 881 mil. Em volume de operações, haverá um crescimento de cerca de 45% em função de 2,6 mil novos voos.

Ao conhecer esses dados, qualquer brasiliense fica preocupado, pois tanto as obras do Aeroporto JK, como as obras de acessos ao local parecem atrasadas. Só resta torcer para que tudo dê certo.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*