«

»

jun 28 2013

ESTÁDIO GARRINCHA VAI COMEÇAR A RENDER PARA O GDF

Na Bahia, se fala assim: o brasileiro só fecha a porta depois de roubado.

O governador Agnelo Queiroz foi massacrado porque, no jogo Santos x Flamengo, realizado no Estádio Garrincha, antes da Copa das Confederações, o GDF recebeu apenas R$ 4 mil pelo aluguel do espaço, cuja construção custou pelo menos R$ 1,2 bilhão.

Agora ficamos sabendo que um novo decreto, de Nº 34.491, estabelece que 13% da renda bruta das cinco primeiras partidas de futebol na arena serão destinadas ao tesouro local e, a partir do sexto jogo, os organizadores deverão destinar 15% dos ganhos ao GDF, além de custear as despesas com energia elétrica.

As novas diretrizes para utilização do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha foram publicadas no Diário Oficial do DF e, a partir de agora, “os eventos realizados na arena poderão aumentar a arrecadação da região”, segundo explica o GDF.

A regra vale para o jogo entre Flamengo e Coritiba, marcado para o dia 6 de julho. Este será o primeiro jogo, após a Copa das Confederações, de uma série de partidas que ainda ocorrerão no Mané Garrincha.

Quanto aos eventos culturais, as regras para esses casos ainda serão definidas pelo governo local. Não houve ainda um evento-teste na área cultural para avaliar o verdadeiro impacto. O primeiro será o Renato Russo Sinfônico, neste sábado (29).

O decreto estabelece, ainda, a proibição de uso dos estacionamentos do estádio e do Ginásio Nilson Nelson para a realização de eventos culturais, exceto quando houver interesse público.

Agora, as secretarias de Esporte e Extraordinária da Copa 2014 deverão elaborar, no prazo de um mês, a proposta para regulamentar a utilização das unidades esportivas do DF, incluindo o Estádio Mané Garrincha.   

 

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*