«

»

jan 08 2019

Família de Queiroz, ex-motorista de Flávio Bolsonaro, não vai depor ao MP-RJ

A Defesa de Fabrício Queiroz informou ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), hoje (8), que o ex-assessor e ex-motorista de Flávio Bolsonaro está internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde se recupera de uma cirurgia realizada no último dia 1º de janeiro. Ele é suspeito de movimentação atípica no valor de R$ 1,2 milhão.

De acordo com o jornal “O Globo”, o documento diz que Queiroz foi diagnosticado com um tumor maligno no intestino e que ele passará por uma nova avaliação médica, que vai avaliar o tratamento quimioterápico ideal para o caso do paciente.

Neste mesmo documento encaminhado ao MP pela defesa de Queiroz, consta a informação que a esposa do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Márcia Aguiar, e as filhas do casal, Nathália Melo de Queiroz e Evelyn Melo de Queiroz, não vão depor ao órgão nesta terça, sob a alegação de que elas se mudaram para São Paulo a fim de acompanhar o tratamento dele.

Queiroz foi citado em um relatório apresentado pelo Conselho de Controle de Atividades (Coaf). Segundo o documento, anexado à investigação que resultou na Operação Furna da Onça, um desdobramento da Lava Jato no Rio, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro movimentou R$ 1,2 milhão em uma conta bancária no período de um ano, o que foi considerado atípico. Na época, ele recebia salário de R$ 23 mil mensais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*