«

»

jun 13 2014

FIFA BATEU A CARTEIRA DA GENTE NA ABERTURA DA COPA

RENATO RIELLA

O dia 12 de junho precisa ser apagado da História do Brasil, pois ofereceu um saldo absurdamente negativo para o Brasil.

A partir de agora, em matéria de Copa do Mundo, o melhor é a gente se fixar somente nos próximos jogos. Afinal, o Brasil já está praticamente classificado para as outras fases e tem cerca de 40% de chance de ser o campeão.

Quanto ao dia 12 de junho, o prejuízo para a imagem do Brasil foi infinito.

Por exemplo, tinha razão o principal carnavalesco do país, Paulo Barros. Ele fez a abertura da Copa das Confederações. Depois disso, recusou-se a trabalhar com a Fifa na Copa do Mundo. Sentiu o cheiro da podridão!

A abertura transmitida ontem pela TV, para bilhões de pessoas em todo o mundo, deveria ser motivo de uma CPI no Congresso brasileiro. Não adianta dizer que o problema é da Fifa.
O problema é do Brasil – que passou a imagem de incompetente e pobre em valores.

O BRASIL ESTÁ PAGANDO MAIS DE BILHÃO À FIFA

A Fifa reconheceu, na última quarta-feira, que recebeu do Brasil isenção de impostos acima de um bilhão de reais, além dos 30 bilhões feitos pelo país para montar a infraestrutura da Copa em 12 sedes.

Nessas condições, o Brasil pode pedir à Fifa que nos indenize pelo mico passado na abertura, onde houve nítida economia de recursos.

Mais ainda: por que o Brasil aceitou que a nossa festa fosse feita por um casal de coreógrafos belgas, quando de Norte a Sul temos ótimos organizadores de megaeventos?
A Fifa precisa nos indenizar. A abertura, se fosse fantástica, talvez encobrisse a repercussão da vaia de baixo nível sofrida pela presidente Dilma Rousseff e pelo presidente da Fifa, o vilão internacional Blatter.

Poderia esconder também, no noticiário, os ferimentos sofridos por cinco jornalistas internacionais nos protestos de rua.

Se o Brasil demonstrasse poderio e emoção na abertura da Copa, o pênalti marcado errado em Fred teria menos repercussão.

O comentário feito na Globo pelo respeitável Arnaldo César Coelho, reconhecendo que “não houve pênalti”, está correndo o mundo. Fortalece a tese dos que alimentam a “teoria da conspiração”, dizendo que a Fifa vai proteger o Brasil nos resultados.

Tudo poderia ter sido minimizado, se a abertura da Copa fosse esplendorosa. Até mesmo a proposta do Exoesqueleto, que tenta fazer um paralítico andar, foi sepultada na abertura do evento.

O Brasil precisa aplicar uma multa de muitos milhões à Fifa por ter “economizado” na abertura da Copa. Alguém ganhou muito com isso – e não foram os brasileiros.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

2 comentários

  1. Sandro Costa

    Gostei mais da torcida gritando: ei Dilma vai tomar no c………..!!!!!!!!!

  2. Sandro Costa

    A primeira-dama do Distrito Federal, Ilza Queiroz, foi flagrada em gravações da Polícia Civil pedindo para “agilizar” a liberação de um alvará para uma clínica de oftalmologia em Taguatinga, cidade a 20 quilômetros do Plano Piloto. A escuta, autorizada judicialmente e realizada no âmbito da Operação Átrio, faz parte de uma investigação de um esquema fraudulento de concessão de alvarás na capital.

    Na conversa, a primeira-dama, mulher do petista Agnelo Queiroz, pede ao então administrador de Taguatinga, Carlos Jales, a concessão da licença de funcionamento da clínica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*