«

»

fev 27 2018

Intervenção: nomeado general do Exército como secretário de Segurança do Rio de Janeiro

general secretário

O general da ativa do Exército Richard Fernandes Nunes(foto) comandará a secretaria de Segurança Pública do Rio durante o período da intervenção federal na pasta. Oficialmente nomeado ontem (26) pelo interventor, o general Walter Braga Netto, Nunes já era o mais cotado dos candidatos à vaga.

Será a primeira vez que um general da ativa comandará a pasta desde a redemocratização. Até então, apenas generais e coronéis da reserva haviam assumido a pasta.

Nunes ficará com a responsabilidade de coordenar o trabalho de inteligência da secretaria, assim como as polícias militar e civil.

Caberá ao general interventor reunir sob sua responsabilidade as pastas de Segurança Pública, Administração Penitenciária, Bombeiros e Defesa Civil na intervenção que irá até dezembro deste ano.

Além de Nunes, foi anunciado o responsável pelo Grupo de Trabalho da intervenção federal, o general Mauro Sinott Lopes, braço direito do interventor.

O interventor surpreendeu as expectativas ao não anunciar os nomes para comandar as polícias do Rio. O coronel Wolney Dias, comandante-geral da PM, e o chefe da Polícia Civil, Carlos Augusto Neto Leba, mantiveram, por ora, seus cargos.

Segundo o interventor Braga Netto, um dos objetivos da da intervenção será recuperar as polícias e reduzir os índices de violência do Estado. “Vejo a intervenção como uma janela de oportunidade para conseguir esse dois objetivos. A intervenção é gerencial e uma oportunidade para desenvolvermos expertise”, afirmou Braga Netto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*