«

»

nov 19 2020

Ipea aponta inflação de 3,5% para 2020; previsão em setembro era de 2,3%

Briga por preços: supermercados de SP devem comprar só o necessário -  Notícias - R7 São Paulo

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que a inflação registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) seguiu trajetória de alta no período recente e projeta inflação de 3,5% para 2020. Na estimativa anterior, feita em setembro, a inflação prevista era de 2,3%.

Segundo o Ipea, parte desse impulso veio da aceleração do preço dos alimentos, mas também dos demais bens de consumo. A ampliação do consumo, combinada com os efeitos remanescentes da desvalorização do câmbio e com a alta recente dos preços internacionais de commodities, elevou a inflação prevista para 2020.

A alta projetada para os preços dos alimentos em 2020 passou de 11% para 16,2%, o que deve fazer com que esse grupo seja responsável por 60% da variação do IPCA no ano.

As projeções também indicam uma aceleração da inflação para os bens de consumo, de 1% para 2,5%. Os serviços tiveram alta nas projeções, de 0,7% para 1,5%, com exceção dos serviços de educação, estáveis em 1,2%.

De acordo com o Ipea, as estimativas para os preços administrados apresentaram melhora: a inflação desse segmento deve encerrar o ano com alta de 0,8%, ante 1% na projeção anterior.

Essa revisão se deve ao adiamento de alguns reajustes importantes, como os de medicamentos e planos de saúde, aliada ao bom comportamento dos preços da energia e das tarifas de transporte público, como ônibus, trem e metrô.

Apesar da aceleração inflacionária do segundo semestre de 2020, a taxa projetada ainda está abaixo da meta estipulada para 2020, de 4%.

Com informações de Agência Brasil

Foto: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*