«

»

ago 26 2021

João de Deus volta para a cadeia, acusado por novos crimes sexuais em Abadiânia (GO)

João de Deus foi preso na tarde de hoje (26) em Anápolis. Agentes da Companhia de Policiamento Especializado cumpriram mandado de prisão. Ele, que foi condenado a mais de 64 anos de prisão por estupro e porte de arma, é acusado de novos crimes sexuais em atendimento espiritual em Abadiânia (GO).

A Justiça decretou a prisão após, no último dia 13, o Ministério Público ter oferecido a 15ª denúncia contra João Deus pela prática de crimes sexuais.

Ele foi denunciado por estupro de vulnerável, envolvendo oito mulheres.

Ele estava em prisão domiciliar desde março, por pertencer ao grupo de risco de covid-19. Ele chegou a ficar internado no fim de semana no Hospital Sírio Libanês, em Brasília, após sentir-se mal.

A denúncia, oferecida pela Promotoria de Justiça de Abadiânia, relaciona outras 44 vítimas, mas, em razão de os crimes estarem prescritos ou ter decaído o direito de representação da ofendida, elas figuraram como testemunhas, notadamente para reforçar a forma de agir do denunciado.

Segundo apontaram os promotores de Justiça, os crimes da 15ª denúncia aconteceram entre 1986 e 2017, sendo as vítimas dos Estados de Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Maranhão, Goiás, Santa Catarina, Mato Grosso e Espírito Santo.

O promotor de Justiça Luciano Miranda esclarece que, entre as provas apresentadas, estão relatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*