«

»

jul 09 2018

Jorge Picciani tenta se “descolar” de Sérgio Cabral em audiência no Rio

O presidente afastado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani (MDB) ( foto), prestou depoimento pela primeira vez hoje (9) como réu da Operação Cadeia Velha, na qual foi preso.

No início de seu interrogatório, garantiu que é inocente em todas as acusações e negou vínculo com o ex-governador, Sérgio Cabral, condenado a mais de um século de cadeia por diversos crimes, como corrupção e formação de quadrilha.

Questionado pelo desembargador federal Abel Gomes, relator do processo, se tinha conhecimento da denúncia, Picciani respondeu. “São todas infundadas. Não são verdadeiras e não tem fundamento”.

Picciani fez uma alusão à viagem de seu correligionário Sérgio Cabral, um dos acusados no processo. Disse que tem uma vida simples e colocou parte das denúncias na conta da oposição.

“As pessoas nos partidos, na política, são assim mesmo. Eu não estava em festa, eu não estava em Paris,na Farra dos Guardanapos, eu não estava nas Olimpíadas. Nem em inauguração pouco me viram”, disse ele que também comemorou a decisão judicial que o colocou em casa.

“Se eu não estivesse em prisão domiciliar, eu teria morrido. Nas condições em que estava, perderia os rins e uma infecção poderia me matar”.

Durante o depoimento, Jorge Picciani também discorreu sobre o histórico à frente do MDB, então PMDB.

“A minha carreira nunca esteve vinculada a ninguém, foi independente. fala-se da minha relação com o Sérgio Cabral. Sempre foi muito educado. (….) Não sou da República de Mangaratiba, não sou da República do Leblon. Não participei da escolha de secretariado”.

Ele disse também que não frequentava o Palácio Guanabara (“se fui quatro vezes foi muito”) e criticou o atual governador. “O Pezão que quebrou o estado. Quem quebrou o estado foi o Pezão, por incompetência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*