«

»

mar 27 2016

LULA EM REUNIÃO DE MADRUGADA FICA PESSIMISTA COM DEBANDADA DA BASE

LEONARDO MOTA NETO

Tudo em volta do ex-presidente Lula esbarrou em dificuldades nos últimos dias, por conta da divulgação da lista da Odebrecht, que deixou os políticos em geral enlouquecidos com a divulgação de suas intimidades eleitorais.
Lula sentiu pessoalmente o peso da debandada dos petistas da área de contenção de Dilma na Câmara, quando estava em seu quarto do hotel em Brasília em reunião que avançou pela madrugada, junto com integrantes da bancada e assessores, traçando o mapa dos deputados com os quais contaria para derrubar o processo de impeachment.
Estava fazendo a contagem dos aliados e indecisos, quando um dos presentes, um deputado do PT, o interrompeu e perguntou:

“- Lula, você se lembra como foi com o impeachment do Collor?”
Ele disse que não se lembrava. O deputado voltou ao assunto:
“- Foi o seguinte. No começo do processo, o Palácio do Planalto fazia contas otimistas. Mas foi só o processo começar, que os deputados abandonaram a base do governo e no final 80% tinham saído.

Lula apenas olhou para o interlocutor e não disse uma palavra. Terminou a reunião, imerso em dúvidas.
 

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*