«

»

out 19 2016

LULA PUBLICA ARTIGO NA FOLHA DIZENDO-SE VÍTIMA DA IMPRENSA

“Meus acusadores sabem que não roubei, não fui corrompido nem tentei obstruir a Justiça, mas não podem admitir. Não podem recuar depois do massacre que promoveram na mídia. Tornaram-se prisioneiros das mentiras que criaram, na maioria das vezes a partir de reportagens facciosas e mal apuradas. Estão condenados a condenar e devem avaliar que, se não me prenderem, serão eles os desmoralizados perante a opinião pública”.

O trecho acima faz parte do artigo assinado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e publicado na versão impressa da Folha de S. Paulo.

O ex-presidente garante que se vê como alvo de uma “caçada judicial” que, segundo ele, começou durante a campanha eleitoral de 2014, pleito em que a sua sucessora no Palácio do Planalto, Dilma Rousseff, foi reeleita com mais de 51% dos votos válidos.

Ao longo do artigo, Lula se defende de acusações e garante que nunca encontraram um ato desonesto de sua parte e que jamais autorizou algum ato ilícito.

Em determinado trecho, o ex-presidente sugere que parte da imprensa (sem citar veículos) tenta marcá-lo como líder de suposto esquema ilegal mantido pelo Partido dos Trabalhadores. “Desde a campanha eleitoral de 2014, trabalha-se a narrativa de ser o PT não mais partido, mas uma ‘organização criminosa’, e eu o chefe dessa organização”.

Defendendo-se de acusações e tecendo críticas à imprensa, o ex-presidente encerra o artigo veiculado pela Folha frisando acreditar que a verdade prevalecerá na história.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*