«

»

jun 27 2018

Mais de 50 presos fogem de presídio no Pará

Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes

Dois presos morreram e 56 fugiram do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama), localizado em Marabá, a cerca de 800 quilômetros da capital paraense, Belém.

A fuga ocorreu por volta de 17h de ontem (26), no momento de conferência das trancas nas celas. Um grupo de presos armados rendeu dois agentes prisionais que foram obrigados a abrir os portões do pavilhão.

Segundo a Superintendência do Sistema Penitenciário, houve confronto e dois presos foram mortos. Outros dois foram recapturados, mas 54 continuam foragidos.

Esse número foi confirmado na manhã de hoje (27) pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe). O órgão informou também que fez uma “revista estrutural” e a recontagem de detentos.

Em entrevista coletiva em Marabá, as polícias Civil e Militar informaram que a fuga contou com apoio externo. Um grupo armado trocou tiros com os PM’s que faziam a segurança do Complexo no momento da fuga. Um policial, que não teve a identidade divulgada, foi baleado na perna, mas não corre risco de morte.

O Grupamento Tático Operacional da PM faz buscas na área em volta do Complexo Penitenciário e na rodovia Transamazônica que corta o município de Marabá. O trabalho é apoiado por um helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública.

Com capacidade para 180 presos, o presídio de Marabá sofre com os mesmos problemas das outras casas prisionais do Pará. Hoje, abriga 571 presos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*