«

»

ago 27 2021

Mais um ouro do Brasil em Tóquio, Wendell Belarmino vence os 50m livre na natação

Wendell é frequentador de túneis de vento, uma tecnologia que o permite relaxar em meio à rotina de treinos, mas que também o ajuda na preparação para as provas da classe S11, para deficientes visuais.

Além da própria limitação da vista, os competidores da S11 usam ainda óculos pintados de preto para garantir que ninguém terá qualquer tipo de vantagem sobre os adversários.

Assim, a orientação nas raias é feita à base de muito treino e instinto. O desenvolvimento dessa sensibilidade é estimulado indiretamente pelos voos no simulador.

Com informações de G1

Foto: Miriam Jeske /CPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*