«

»

out 18 2015

MINI-CONTO DO CAFÉ EXPRESSO

Um amigo entendido em café me levou, pela primeira vez, no Franz Café. Ele pediu:
-Quero um café expresso.

A atendente olhou pra mim e também pedi:
-Quero um café sem adjetivo.
Como ela pareceu não entender nada, expliquei:
-Quero um café-café!

O amigo especialista interveio rápido (interviu soa muito melhor, não?):
-Traz um expresso pra ele também.

Veio o meu “expresso”. Tem gosto de café-café, sem adjetivo.
(RENATO RIELLA)

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*