«

»

fev 09 2019

Ministério Público do Trabalho apura incêndio no Flamengo

Imagem relacionada

O Ministério Público do Trabalho (MPT) criou uma força-tarefa para apurar as causas e acompanhar as consequências do incêndio que deixou 10 mortos e três feridos no Centro de Treinamento do Flamengo, ontem(8), no Rio de Janeiro.

O grupo será coordenado pela procuradora do MPT fluminense Danielle Cramer. Outros quatro procuradores também vão integrar a força-tarefa: Juliane Mombelli, Maria Vitória Sussekind Rocha, Tiago Oliveira de Arruda e Virgínia Leite Henrique.

Eles pertencem aos núcleos de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescentes e de Defesa do Meio Ambiente de Trabalho. Entre as vítimas fatais causadas pelo incêndio estão atletas das categorias de base do clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*