«

»

jan 11 2018

Ministério Público suspende programa de estágios para construir prédio

RENATO SOUZA (Blog do Vicente) – Gestores, coordenadores e estagiários do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) foram pegos de surpresa com a suspensão do programa de estágio. Em um e-mail, enviado para 475 estudantes de níveis médio e superior que participam do programa, a Secretaria de Gestão de Pessoas informa que o desligamento de todos os estudantes ocorrerá em 1º de fevereiro.

O motivo da decisão causou revolta entre trabalhadores do órgão. A dispensa ocorre para que os recursos destinados aos salários dos estagiários sejam usados para a conclusão da construção do prédio que vai abrigar a Coordenadoria das Promotorias de Justiça Brasília II, onde os procuradores ficarão encastelados.

 

Atualmente, de acordo com dados obtidos por meio Lei de Acesso a Informação, estão no MPDFT 214 estagiários de nível médio e 261 de nível superior. Cada estudante desempenha suas funções por um período que varia de 4 a 6 horas por dia e recebe uma bolsa auxílio de R$ 590 para nível médio e de R$ 850 para nível superior. O órgão também paga R$ 7 por dia para custear o deslocamento até o local de trabalho. No total, os estagiários custam R$ 351,4 mil por mês.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*