«

»

maio 30 2018

Ministra cita grave momento político e social; “democracia é único caminho legítimo”

 A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, abriu a sessão da Corte hoje (30) com um pronunciamento em que citou o “grave momento” político e social pelo qual passa o país e fez uma defesa da democracia. Ela ressaltou que a democracia “é o único caminho legítimo” para a o país buscar as soluções de seus problemas.

A ministra não citou diretamente a paralisação dos caminhoneiros, que bloquearam rodovias em todo país nos últimos dias, reivindicando preços mais baixos para o diesel, entre outros pontos.

Na esteira do movimento dos caminhoneiros, manifestantes em alguns pontos no país exibiram nos últimos dias faixas e cartazes pedindo intervenção militar.

“Também as democracias vivem crises”, disse Cármen. “Mas dificuldades se resolvem com a aliança dos cidadãos, e a racionalidade, objetividade e trabalho de todas as instituições, de todos os poderes. A democracia não está em questão. Não há escolha de caminho. A democracia é o único caminho legítimo”, disse a ministra.

Para Cármen Lúcia, “o direito brasileiro oferece soluções para o quadro vivido pelo povo”. Ela ressaltou que a sociedade não pode esquecer o passado de “regimes sem direitos”.

“Não temos saudade senão do que foi bom na vida pessoal e em especial histórico de nossa pátria. Regimes sem direitos são passados de que não se pode esquecer, nem de que se queira lembrar”, disse Cármen.

A ministra ainda defendeu o respeito aos direitos fundamentais do cidadão. “Há de se ter serenidade, mas também rigor no cumprimento e respeito aos direitos, especialmente os direitos fundamentais. Há de ter seriedade e também manter a esperança”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*