«

»

fev 11 2018

Mordomias dos ex-presidente serão rediscutidas

SERGIO GARSCHAGEN

No turbilhão carnavalesco nacional, passa despercebida a auspiciosa notícia de que a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal vai analisar projeto de lei que acaba com a mordomia de ex-presidentes da República.

Cada um tem direito a oito servidores permanentes: quatro seguranças, dois carros com respectivos motoristas e dois ajudantes.

Projeto do tucano Wherles Rocha. Ele alega que esses 40 servidores têm mais o que fazer pelo país que virar babá de ex-presidentes.

Os pagadores de impostos pagam R$ 5,5 milhões anuais para cuidar dos ex-presidentes.

Seriam mantidos apenas dois seguranças. Antes eram seis servidores – e o ex-presidente Lula aumentou para oito.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*