«

»

maio 30 2018

Morte de jornalista russo foi “crime covarde”; UE pede investigação rápida

 

Num comunicado, a porta-voz da Alta Representante da UE para a Política Externa e Política de Segurança referiu que Mogherini pediu “um inquérito rápido e transparente para que os responsáveis deste crime sejam levados à justiça”, tendo ainda endereçado “as condolências” da UE à família de Babchenko.

“A UE é solidária para com os jornalistas e continuará a trabalhar para protegê-los, bem como ao seu trabalho, que é vital para todas as democracias, dentro e fora das nossas fronteiras”, assegurou a porta-voz de Federica Mogherini.

O Conselho da Europa também instou hoje a Ucrânia a conduzir uma “investigação exaustiva” para “identificar e punir” os responsáveis pela morte do jornalista russo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*