«

»

jun 14 2014

MUITAS DÚVIDAS NA POLÍTICA DO DF

RENATO RIELLA
Escrevo pouco sobre a política local, porque há grandes incertezas no ar. Certo, mesmo, em Brasília, somente a candidatura de Agnelo Queiroz (PT) a governador, de Tadeu Filippelli (PMDB) a vice e de Geraldo Magela (PT) ao Senado.

No PSDB, acredito que a candidatura do deputado Pitiman a governador será mantida, mas não há nenhuma segurança sobre nada neste bloco.

Quais partidos vão se coligar com Pitiman? Quem ele terá como vice? O bloco dele terá candidato ao Senado? E os tucanos dissidentes, como o deputado Izalci Lucas, como ficarão?

Temos como certa a candidatura de Toninho do Psol a governador, pela terceira vez. Mas este é um bloco restrito, sem resultados efetivos no DF. Será que, desta vez, a ex-deputada Maninha consegue se eleger? Consta que será candidata a distrital.

Sobre a distrital Eliana Pedrosa (PPS), acho que ela será candidata a federal. Aguardem!

Há dúvidas institucionais que cercam a candidatura do ex-governador José Roberto Arruda (PR). Só dá para acreditar nessa candidatura quando ele conseguir registrar sua chapa na Justiça Eleitoral, em 5 de julho.

Foi grande baque no sonho do Arruda a desistência da deputada Liliane Roriz, que seria a sua vice. De repente, ela desistiu, preferindo manter-se como distrital. Grande decisão!

O senador Rodrigo Rollemberg sem dúvida será candidato ao governo do DF, inclusive porque, com isso, instalará palanque para o candidato a presidente pelo PSB, Eduardo Campos.

No entanto, Rollemberg conta com a coligação com o PDT, que lhe daria o deputado Reguffe como candidato ao Senado nessa chapa, mas este parece ser um caminho muito inseguro.

Mantenho a informação já publicada, de que Reguffe tende a ser candidato a deputado federal, por diversos motivos.

O partido do Reguffe, o PDT, em nível nacional, não vê com bons olhos a sua candidatura ao Senado. Se for candidato a federal, poderá ter perto de 400 mil votos, ajudando a eleger dois deputados (ele mesmo e mais outros).

O quadro é este, mas pode ser mexido por decisões judiciais na segunda quinzena deste mês de junho.

Em meio aos jogos da Copa do Mundo, muitas decisões serão tomadas. Por enquanto, não acredite em ninguém.

Está todo mundo blefando (mas o Reguffe será candidato a federal, vocês vão ver).

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*