«

»

jan 08 2019

Na segunda reunião ministerial, Bolsonaro pede ações rápidas

Segunda reunião ministerial termina após quase três horas

Jair Bolsonaro presidiu hoje (8), por quase três horas, a segunda reunião ministerial desde que tomou posse. O encontro foi para discutir as propostas dos ministérios para os primeiros meses de governo.Todos os ministros estiveram presentes

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, conversou rapidamente com jornalistas. Ele informou que cada ministro apresentou um “pouquinho” do seu trabalho, porém não detalhou o que foi discutido no encontro.

Sobre a proposta de reforma da Previdência em discussão no governo, Heleno disse que o texto apresentado por Bolsonaro ao Congresso Nacional precisa ser “viável” a fim de ser aprovado.

“Continua o estudo a Previdência. Continua aquela teoria de que a Previdência tem que ter as idades e tem que ser viável para poder ter possibilidade de ser aprovada”, disse o ministro.

Há cinco dias, no primeiro encontro do primeiro escalão de governo, cada pasta recebeu a missão de apresentar propostas de enxugamento, analisar gastos dos últimos meses da gestão anterior e apontar as medidas que devem ser implementadas rapidamente.

No início da manhã, Bolsonaro usou sua conta pessoal no Twitter para pedir celeridade na adoção de medidas. “O país não pode mais esperar. Logo, novidades na linha que o brasileiro sempre exigiu”, escreveu.

Fonte: Agência Brasil/G1

Foto: Alan Santos/PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*