«

»

set 29 2014

O MUNDO PAROU PARA VER O SEQUESTRO DO SAINT PETER. QUE PIADA!

RENATO RIELLA

O ridículo seqüestro de sete horas, no Hotel Saint Peter, em Brasília, teve interessantes repercussões no exterior.

Nos Estados Unidos, atiradores de elite ficaram se coçando, com vontade de matar o bobão chamado ridiculamente de Jac Souza dos Santos, 30 anos.

Os americanos acompanharam pela Internet e viam a todo momento ângulos nos quais um tiro seria fatal. Chegaram a se comunicar com amigos no Brasil, com impaciência. E nada! “Esses brasileiros são mesmo bundões”, disse um gringo enorme, da Força Naval.

Na Inglaterra, peritos em artefatos rapidamente concluíram, vendo imagens transmitidas do Brasil, que o revolver era falso e a dinamite, apenas um amontoado de papelão. Pelo Wahtsap, diziam isso a amigos brasileiros. Mas nada!

“Brasileiros gostam mesmo de ser enganados”, disse um novo 007.

A situação mais dramática deu-se no chamado Estado Islâmico, onde muçulmanos sanguinários hoje adoram a presidente Dilma Rousseff, depois do inacreditável discurso que ela fez na ONU a favor deles.

A princípio, os cortadores de cabeça ficaram indignados com as críticas de Jac contra Dilma e olhavam para o babaca, nas telas dos seus celulares de última geração, cantando aquela musiquinha: “Ah! se eu te pego!”

Com o passar dos tempos, após sete horas de seqüestro, esses integrantes do EI começaram a admirar o merdinha do Jac.

Até achavam que este indivíduo, de cor semelhante aos dos muçulmanos típicos, poderia cortar o pescoço do pobre refém José Ailton de Souza, 49 anos, que nunca teve nada a ver com isso. Esperavam que Jac jogasse a cabeça do 13º andar do hotel. Mas nada!

Dito tudo isso, sou obrigado a registrar que a última repercussão frustrada e frustrante veio de Paris. Acabado o suspense, após aquela foto inexplicável de refém e seqüestrador com os braços levantados, os franceses de altíssimo nível que acompanharam o episódio durante sete horas sentenciaram:

-“Definitivamente, o Brasil não é um país sério”.

Realmente, não dá para se esperar nada deste País tropical.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

1 comentário

  1. Jonas

    Seu texto é de grande hipocrisia e ignorância. Você demonstra ser racista e mais sanguinário do que os que você acusa. Além de demonstrar ser ignorante por não saber que a situação no oriente médio na realidade não tem nada a ver com religião, e sim com petróleo e petrodólares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*