«

»

jul 21

QUEDA BRUSCA DA INFLAÇÃO PREOCUPA O GOVERNO

Atenção, senhores analistas econômicos…
É claro que o aumento de impostos veio para cobrir o rombo do governo, O rombo ficou ainda maior com a liberação de verbas de emendas para deputados. Horrível, isso!

Mas pensem noutra hipótese mais forte.
O governo precisa puxar para cima a inflação, que corre o risco de cair para 2% até o fim do ano, em plena recessão.

Já se fala abertamente que o Banco Central, por causa dessa derrubada da inflação, pode cair os juros abaixo de 8% até o fim do ano. Vai ser uma farra de créditos no Natal?

A queda do dólar é outro fator que acelera a queda da inflação. Portanto, aumentando a gasolina, o governo consegue aumentar quase tudo na nossa vida. Pode ser que, assim, Temer mantenha a inflação acima dos 3% e possa manter os juros pouco acima dos 8%, como previsto desde o início do ano.

Na verdade, uma queda muito rápida nos juros gera graves problemas para administrar a economia de modo geral.

E a gente sabe que a inflação está caindo por causa da grave crise econômica e financeira que atinge a população. Não tem nada a ver com consciência, etc.

Portanto, não se admirem se o governo vier com outras medidas para segurar a queda acelerada da inflação.

A inflação baixa virou um problema, num governo que está habituado a trabalhar com a taxa de juros oficial em níveis de dois dígitos. (RENATO RIELLA)

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*