«

»

jun 07 2019

Rodrigo Maia critica moeda única no Mercosul

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou a ideia apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro Paulo Guedes de uma moeda única entre Brasil e Argentina.

Maia questionou se a medida não desvalorizaria o real e traria a inflação de volta ao Brasil.  Bolsonaro e Guedes estiveram reunidos com empresários argentinos nesta quinta-feira em Buenos Aires, onde anunciaram a proposta.

A moeda argentina, o peso, tem sofrido forte desvalorização frente ao dólar nos últimos meses, diante da crise econômica que se abateu no país. A cotação atual é de US$ 1 para cada 45 pesos. A inflação disparou e a previsão é que chegue a 40% este ano na Argentina.

Para tentar contornar a crise, em abril o presidente argentino Mauricio Macri anunciou um congelamento de preços para 60 produtos da cesta básica e tarifas de serviços públicos.

No Brasil, a inflação está em patamar bem mais baixo . Em maio, ficou em 0,13%, o menor resultado para o mês desde 2006. O real, por sua vez, se valorizou este ano frente ao dólar e está cotado a R$ 3,883 . 

Em Buenos Aires, Bolsonaro chegou a dizer que o ‘peso real’, como vem sendo chamada a moeda, seria um primeiro passo para a construção de um “sonho de ter uma moeda única no Mercosul” . Ele citou a experiência do euro, moeda usada em parte dos países da União Europeia, e disse que apoiava a ideia, de autoria de Paulo Guedes.

Com informações de O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*