«

»

nov 07 2019

Segundo leilão do pré-sal arrecada menos do que o esperado

O governo voltou a leiloar blocos de exploração do pré-sal hoje (7), mas o resultado final foi o mesmo do megaleilão realizado ontem: arrecadação menor do que a esperada, com a Petrobras dominando as ofertas.

O governo esperava R$ 7,8 bilhões, mas leilão chegou somente a R$ 5,5 bilhões.

Dos cinco blocos oferecidos hoje, somente um foi arrematado. A estatal levou a área em sociedade com a estatal chinesa CNODC.

O bloco que obteve sucesso no leilão foi o de Aram, que era o mais nobre entre os cinco oferecidos na 6.ª Rodada de Partilha no excedente da cessão onerosa.

O governo arrecadou R$ 5,5 bilhões de bônus de assinatura na licitação desta quinta-feira, com o bloco de Aram. O investimento previsto na área é de R$ 278 milhões. Não foi oferecido ágio.

Anteriormente, o bloco já havia sido arrematado pela italiana Eni, mas acabou devolvida à União após a empre não conseguir cumprir a promessa de bônus oferecida ao governo brasileiro.

A nova rodada de partilha frustrou as expectativas do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que previa maior competição no leilão desta quinta. Mais uma vez, a Petrobras dominou o certame.

As principais petroleiras do mundo se ausentaram dos leilões, que reuniam grande expectativa do governo brasileiro e acabaram decepcionando e levando à maior alta do dólar em sete meses . A moeda norte-americana tem leve alta nesta quinta, operando a R$ 4,09, após subir mais de 2% na véspera.

Com informações de iG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*