«

»

maio 29 2018

Selic a 6,5% movimenta mercado imobiliário no DF

O mercado imobiliário vem ao longo dos últimos 12 meses apresentando gradual recuperação no DF, com a aceleração das vendas dos estoques das construtoras.

Observa-se aumento das vendas e redução da oferta de imóveis novos em estoque, gerando novos lançamentos imobiliários.

Com a taxa de juros a 6,5%, associada à previsão de ajuste inflacionário, os preços dos imóveis em Brasília deverão ser impactados favoravelmente aos compradores.

As pesquisas realizadas pela ADEMI, SINDUSCON e SEBRAE indicam que o ano de 2018 voltará a ser um momento positivo para o mercado imobiliário no DF.

Na avaliação de Wilson Charles, diretor comercial da Emplavi, a tendência é de recuperação dos preços e valorização imobiliária.

“Essa tendência se confirma com o aumento da demanda provocada pela manutenção da taxa básica de juros, a Selic, em 6,5%. Com isso, as aplicações financeiras são desestimuladas e esses recursos são atraídos para investimentos mais tradicionais, como os imóveis”, comenta.

Além disso, a Caixa Econômica reabriu a linha de crédito pró-cotista, suspensa desde meados de 2017. Essa linha de crédito utiliza recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para a compra da casa própria, com os juros mais baratos do mercado.

Com a crescente demanda e o crédito imobiliário mais acessível, novas oportunidades começam a surgir, sobretudo no segmento de alto padrão de Brasília, no qual se insere o Setor Noroeste.

Enquanto em 2017 foram apenas quatro novos lançamentos no bairro, para 2018 já são previstos 12 novos lançamentos.

A Emplavi é exemplo desse cenário. Com um total de 24 projeções adquiridas e vários empreendimentos já construídos e entregues, a Emplavi foi uma das primeiras a acreditar e investir no novo Bairro, sobretudo impulsionada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*