«

»

jul 29 2020

Sérgio Moro rebate Aras e diz que não há “segredos ilícitos” na Lava Jato

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro afirmou desconhecer “segredos ilícitos no âmbito da Lava Jato”, hoje (29), em resposta ao procurador-geral da República, Augusto Aras.
Durante um debate virtual com advogados, ontem (28), o chefe do Ministério Público Federal ( MPF) disse que a operação teria sofrido “desvios” e que o momento era de corrigir os rumos para que o “lavajatismo não perdure”.

“Desconheço segredos ilícitos no âmbito da Lava Jato. Ao contrário, a Operação sempre foi transparente e teve suas decisões confirmadas pelos tribunais de segunda instância e também pelas Cortes superiores, como STJ e STF”, escreveu Moro no Twitter. 

Aras criticou ainda o conceito do lavajatismo e pregou o retorno ao combate da corrupção como se fazia antigamente. “O etmo, segundo o qual, o ‘ismo’ significa alguma hipertrofia, um desvio. Então, o lavajatismo já revela que alguma coisa não vai bem nessa figura. E esse conceito lavajatismo há de ser superado pelo natural, bom e antigo enfrentamento à corrupção”, disse.

Durante o debate, o procurador-geral também retomou a polêmica sobre o pedido de demissão, em junho, de três procuradores da Lava Jato que atuavam na PGR (Procuradoria-Geral da República). O chefe do MPF disse que “tinha mais procurador que era necessário” da Lava Jato em Brasília. “Hoje temos tanta sobra que a Força-tarefa de Curitiba consome mais recursos financeiros que mais de 20 unidades da federação”, decretou.

Com informações de R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*