«

»

jun 04 2015

SOMOS UNS MERDAS: ELEGEMOS SUPERBACTÉRIAS

RENATO RIELLA

Num novo mundo dominado por superbactérias,
a propaganda do Boticário não
merece ser discutida.

Azar do Boticário, que tem uma inteligência de
marketing que optou por uma minoria.
Focou num público bem menor do que
aquele que já tinha.

Será que, comercialmente, fez um bom negócio?
Isto é que interessa discutir dentro do marketing
do Boticário.

Quanto a nós, aqui em Brasília, devemos nos
perguntar, de forma torturante:
depois de tantas monstruosidades,
por que ainda elegemos superbactérias?

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*