«

»

mar 31 2020

Trump diz que a economia é “segunda prioridade”, atrás de “salvar vidas”

Os Estados Unidos contabilizam 160 mil casos de infecção pelo novo coronavírus e, por isso, o presidente do país, Donald Trump, disse que a economia é sua “segunda prioridade” no governo, atrás de “salvar vidas”, adotando outra postura sobre a importância de pedir o confinamento da população.

“(Contenção) é muito ruim para a economia, mas a economia é a número dois na minha lista. Primeiro, quero salvar muitas vidas”, disse Trump em entrevista coletiva na Casa Branca.

Na semana passada, Trump havia afirmado que “a cura não pode ser pior do que a doença” e reforçou a urgência de recuperar a economia nacional o mais rápido possível, além de pedir um relaxamento das medidas de contenção populacional.

O objetivo inicial do presidente americano era que, no próximo dia 12, domingo de Páscoa, as igrejas estivessem “cheias” como um símbolo dessa reativação.

No domingo, Trump prorrogou as medidas de combate ao coronavírus até 30 de abril, depois que seus principais conselheiros da área de saúde lhe mostraram estimativas de pelo menos 100 mil mortes no país por Covid-19 em caso de relaxamento nas medidas de quarentena.

Na entrevista de ontem, ele advertiu que o pico do número de mortes no país, que agora é de três mil, não será atingido antes de duas semanas.

“Seguindo essas diretrizes com muita energia, podemos salvar mais de 1 milhão de vidas”, disse Trump, colocando novamente a crise de saúde à frente da economia.

Trump estimou que os Estados Unidos já realizaram um milhão de testes para detecção do coronavírus – pelo menos 161 mil dos quais foram positivos – tornando-o o primeiro país do mundo a alcançar esse número.

O Secretário de Saúde e Serviços Humanos, Alex Azar, disse que o país já atingiu o nível de 100 mil testes por dia, o que, segundo especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS), é fundamental para conter a propagação do vírus.

“As ações inteligentes que tomarmos hoje evitarão a propagação do vírus amanhã”, disse Trump.

Com informações de EFE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*